Meus Materiais para 2018

By Amanda Crônica - 09:00

Hoje eu tô toda blogueirinha, hahahaha! Até um tempo atrás eu achava meio tosco fazer posts tipo "meus materiais 2018", "o que tem na minha bolsa", "look do dia", etc, mas esse ano não apenas me deu vontade de renovar todos os meus materiais (até os que não precisava, como o estojo, por exemplo kkkk), como também deu vontade de fazer post sobre materiais no blog (e por incrível que pareça não é falta de assunto, porque eu tô com 39 rascunhos de posts no painel, apenas esperando para serem feitos).
Se preparem, que hoje o post vai ser longo e cheeeio de imagens (e olha que eu até fiz algumas montagens, senão ia demorar 500 anos pra carregar o post em alguns computadores, tipo o meu).

Esse ano eu vou estar trabalhada na frescura: comprei várias canetas coloridas e até canetinhas, apenas para incrementar a minha mania de usar cores diferentes para os títulos, subtítulos e texto.

Comprei clips de papel desnecessariamente, porque apesar de eu estar sempre precisando, eu sempre dou um jeito de catar em algum lugar (não sei como).

Comprei bloquinho e posts its, pelos seguintes motivos:
O bloquinho vai ficar em casa, pra anotar coisas quando eu falo no telefone e tals (quero parar de gastar os dos meus pais).
Os posts its porque dá pra colar na parede e fica bonita a decoração (pretendo usar isso pra fixar as palavras novas que eu aprendi/vou aprender no inglês, porque muitas eu esqueço).

A mochila eu comprei pra poder caber pasta (que é a única coisa que eu não comprei nova ainda, apesar de a minha estar quebrada), caderno, estojo, etc. Fui na Imaginarium (sim, eu sou influenciável até demais quando se trata de grandes marcas), e perguntei pra moça se tinha alguma que coubesse o notebook dentro (pra quando eu precisar fazer algum trabalho da faculdade no intervalo do trampo caso eu arrume um emprego), tivesse um bolso na frente e bolsos laterais. Achei que não ia ter, mas por incrível que pareça a moça além de ser super simpática e atenciosa comigo, achou o que eu queria. 
Os bolsos laterais são pra colocar copo térmico (pra quando eu trabalhar e acordar cedo eu poder tomar café no caminho), e uma garrafinha de água (nem preciso explicar o motivo, né?). Os dessa mochila são um tanto quanto apertados, mas eu consegui enfiar de algum jeito (tô torcendo pra eles alargarem com o tempo, de preferência sem rasgar).
E o bolso da frente é pra eu pegar e guardar rápido coisas como o cartão do ônibus, por exemplo.
Essa mochila tem bolso interno também, mas isso não é um critério pra mim.

Desde pequena eu sempre quis ter um estojo branco e felpudo, aí pensei: "já vi uns estojos bonitinhos na Renner, vai ver tem lá". E não é que eu achei? Só que em vez de branco, era verde azulado, ou azul turquesa (sou meio daltônica às vezes). E eu tive que cortar uma régua de 20cm porque nele só cabia de 15cm, mas tudo bem. Amei (fora que eu amo essa cor, também, quase tanto quanto eu amo preto, branco, cinza e tons claros).

Todo ano eu gosto de ter uma agendinha de papel pra fazer lista de tarefas diárias (sem brincadeira, se eu não faço isso eu esqueço o que eu tenho que fazer e fico toda perturbada tentando lembrar), área pra anotar contatos, horários da faculdade, provas, etc. 
A minha preferência é que tenha um dia por página pra caber bastante coisa, mesmo nos fins de semana (cês não sabem da minha capacidade de inventar mil tarefas provavelmente desnecessárias num dia só).  E também que nos contatos, tenha bastante páginas e ordem alfabética (esse ano eu rateei nisso, porque não coube tantos números como cabia nos outros anos #cheiadoscontatinhos).
Pois é, eu sou bem Sheldon Cooper (pra quem não sabe, é um dos personagens principais da série The Big Bang Theory) quando se trata de manias (e olha que o post nem terminou ainda).

Além da agendinha, eu também gosto de ter um caderno de planejamento pessoal pra anotar as metas do ano e lembrar de cumprir todas, rsrs. Quero chegar no final do ano com todas as metas riscadas, se for possível. E também gosto de anotar coisas aleatórias que eu vou descobrindo, como cursos online que eu posso fazer de graça, sites interessantes, programas de edição, etc.
Também gosto de anotar com o que eu preciso gastar meu salário no mês (assaltantes, não se empolguem: estou desempregada e com dificuldade pra achar emprego, se quiserem me contratar, aceito até isso #sóquenão).

Eu ia falar de todos os cadernos, um de cada vez (comprei 6: quatro de 10 matérias, e dois de 1, porque geralmente eu faço 5 cadeiras e isso dá pros dois semestres). Só que o post já tá longo, e se eu fizer isso, ele vai ficar muito pesado, então vou falar apenas de um de 10 matérias e um de 96 folhas (uma matéria). Assim, já dá pra ter uma ideia das minhas preferências e vocês vão me conhecendo melhor (acho legal essa coisa de conhecer a blogueira que posta tanta merda nas redes sociais).
Vamos lá: Quando se trata de caderno, eu gosto de me identificar com a capa (por exemplo, não gosto de comprar caderno com estampa de um filme que eu ainda não vi, por mais que eu ache bonita), e ainda gosto que: a capa seja bonita, o caderno tenha adesivos, pastinha interna pra meter um monte de papel que eu poderia/deveria jogar fora, as folhas sejam um pouco enfeitadas, mas tenha bastante espaço pra texto (vou explicar: eu estudo jornalismo, e como é de se esperar, tem muita redação. Redação de duas folhas pra mim já é livro, só que alguns cadernos tem tanto detalhe na folha que não cabe quase nada e as redações ficam com sei lá, 3 folhas quando poderiam ter apenas uma se a folha fosse mais simples. "Ah, Amanda, mas tu não sabe resumir?" Olha... às vezes eu até sei, só que nem sempre dá pra resumir tanto, tem certas coisas que se eu tirar, o texto fica incompleto e a nota fica mais baixa do que eu gostaria).

Agora vou explicar por que eu comprei caderno de uma matéria também, em vez de comprar apenas de 10 matérias. Tem dois motivos:
1) É mais barato assim (olha quem tá falando de economia, né? hahahaha com o monte de coisa cara e desnecessária que eu comprei).
2) Como eu disse, geralmente eu faço 5 cadeiras por semestre. Aí num de 10 matérias, tem duas cadeiras. O que dá: por dois dias, eu preciso de apenas um caderno. E por quatro dias, eu preciso apenas de dois cadernos. Cinco cadeiras, dá cinco dias, isso significa que se eu comprar três de 10 matérias pra um semestre(que é o que eu fiz ano passado), sempre vai ter um caderno com folhas demais sobrando no final do ano, e não, eu não quero usar outra cadeira nesse, odeio misturar conteúdo kkkk. 

Agora que o post terminou, cês devem estar pensando: "nooossa, como ela é perfeccionista e organizada". Mas eis a verdade: meu quarto tem roupa jogada no chão kkkk. O fato é que eu sou extremamente perfeccionista pra algumas coisas, e extremamente #foda-se pra outras. O que eu gosto mesmo é de praticidade, agilidade, por isso as roupas jogadas no chão: porque às vezes eu me troco na pressa e não tenho tempo/vontade de guardar a roupa limpa no guarda roupa, ou botar a roupa suja no cesto que tem no banheiro. Mas aí, quando eu posso/quero, eu arrumo direitinho (e nem sempre demora muito, rsrs).
E a cama, eu arrumo todo dia? Nããão, hahaha. Só se for pra tirar foto ou dormir.

Só vou contar mais uma coisinha: deu tanto trabalho tirar todas essas fotos que acho que ano que vem eu só vou fazer post de materiais se for paga por alguma empresa hahaha. E nunca mais eu critico as blogueirinhas (aquelas de moda, maquiagem, etc): a gente nunca sabe o trabalho que uma pessoa passa pra fazer uma coisa que pra nós, parece tão irrelevante e fácil.

Gostaram do post? Comentem ;)

  • Share:

You Might Also Like

2 Fumados comentaram aqui

E aí, o que achou do post? Gostou? Odiou? Achou uma bosta e tá a fim de dizer que sou um lixo, me mandar pra puta que pariu? Comenta aí!

Obs: Não pagarei seu cardiologista nem seu psicólogo/psiquiatra caso acabe precisando.